Foto: Erik Reis

Letras e Tempestades  Ano03


Então é dezembro...

A ironia me seduz

com seus dentes negros:

apaga a luz do mundo em chamas de velas

e depois se esquece de acender.

 

Seria trágico se não fosse frágil,

nas manhãs dúbias

em que nossas perguntas questionam.

 

Seria fato se não fosse dúvida,

uma prosaica encenação

e estamos todos no picadeiro do mundo.

 

É dezembro,

acendam as luzes do nosso negro coração.



Escrito por Simone Oliveira às 17h48



[ ver mensagens anteriores ]
 

Simone Oliveira

simone.artes@gmail.com

 

LETRAS E TEMPESTADES:

Entre, aqui a vida vira arte, e escrevo com sangue as minhas poesias e tempestades.

 

STORM LINKS:

 Escuridão do Escorpião
 Traduzir-se
 
Observador
 
Mulheres Russas
 
Sol de Primavera
 
Alex Sens
 
Pretensos Colóquios
 
Pedra Brasileira
 
Manoela Afonso
 
Colcha de Retalhos



A lua em sua fase atual
...

...a me encantar os olhos.